Postagem em destaque

PROPOSTAS E MODELOS - ENEM 2016

TODAS AS PROPOSTAS E MODELOS RELACIONADOS NESTA POSTAGEM SÃO DO AUTOR DO BLOG E NÃO PODEM SER COMERCIALIZADOS EM MATERIAL DIDÁTICO VIRTUAL ...

18 de out de 2012

Carta Pessoal


Gênero Textual: Carta Pessoal

A carta pessoal possui basicamente a estrutura tradicional do gênero carta já estudado anteriormente (local, data, vocativo, conteúdo da carta, despedida e assinatura). Pelo fato de haver para esse tipo de correspondência uma certa intimidade entre emissor e receptor, a linguagem sofre menos com o rigor das regras gramaticais, cedendo em alguns aspectos a alguns apelos da oralidade, como linguagem coloquial e até gírias. Entretanto, para efeito de vestibular, recomenda-se que o candidato demonstre conhecimento e domínio da ortografia, bem como da norma-padrão.

Não é raro haver propostas nas quais se pede para que seja escrita uma carta a um amigo ou parente relatando alguns acontecimentos específicos, o que faz desse tipo de carta, geralmente, um texto basicamente narrativo. É um gênero que costuma permitir o uso de criatividade, contudo o bom senso sempre deve garantir que o texto cumpra com seus objetivos.

Leia a proposta a seguir e o exemplo de carta considerada acima da média no vestibular em questão.

TEXTO DE APOIO

CARTA SOBREVIVE NA ERA DO E-MAIL

Ninguém questiona o fato de que a internet chegou para ficar e está transformando o modo como o mundo se comunica. A proliferação do uso de e-mails, sites de relacionamento e mesmo SMS enterrou para muitos a ideia de enviar uma carta. Mas os correios em todo o mundo descobriram que a carta não desapareceu. Há três anos, o envio de correspondências se mantém estável, segundo a União Postal Universal, fundada em 1874 em Berna. No mundo são 1,2 bilhão de cartas mandadas por dia. Por ano, os campeões são os americanos, com 199 bilhões de cartas. O Japão vem em distante segundo lugar, com 25 bilhões, e a Alemanha, com 21 bilhões.
Segundo 193 correios do mundo, há grandes diferenças ainda entre os países sobre como as pessoas se comunicam. Na Arábia Saudita, a carta continua sendo a forma mais usada por trabalhadores imigrantes provenientes da Ásia para se comunicar com suas famílias em seus países de origem. Na África, a realidade é mais problemática. Somente uma a cada oito pessoas tem um endereço para onde alguém possa enviar uma carta. Se nem endereço fixo é uma realidade, a internet continua um sonho distante. No mundo, uma a cada três pessoas tem acesso à internet em casa. Mas a taxa é de uma a cada 20 nos países em desenvolvimento, segundo a União Internacional de Telecomunicações.

(Adaptado de: Agência Estado. Carta sobrevive na era do e-mail. Gazeta do Povo, 6 jun. 2010, p. 15.)

PROPOSTA 

Tendo em vista a importância da troca de correspondências nos dias atuais, redija uma carta a um amigo que vive num país distante, numa cidade que não dispõe de rede de comunicação para e-mail e internet, relatando a ele os fatos mais importantes ocorridos no Brasil no ano de 2010.
(Atenção: Ao encerrar a carta, assine Fulano de Tal, mantendo o sigilo de sua prova.)

Modelo de carta:

A carta acima foi considerada acima da média pela banca da UEL, 2010-2011

Fonte: http://www.cops.uel.br/vestibular/2012/RevistaDialogosPedagogicos.pdf


Um comentário:

Anônimo disse...

Obg professor. Me ajudou muito suas explicações nao estava conseguido escrever obg mesmo.

QUIZ: POR QUE OU POR QUÊ?

Havendo dificuldade em visualizar o quiz, clique no link abaixo: